Apartamento de Autonomização

ReAJo - Resposta de Autonomização para Jovens LGBTI é o primeiro apartamento de autonomização para jovens lésbicas, gay, bissexuais, trans ou intersexo (LGBTI) do país.

Este apartamento surgiu como um espaço seguro, para ajudar a colmatar situações de risco ou perigo, como por exemplo jovens em situação de expulsão de casa após revelarem a sua orientação sexual ou identidade/expressão de género.

Esta resposta de autonomização, para jovens entre os 16 e os 23 anos, tem 2 quartos individuais para permanência até 6 meses e 2 quartos individuais para permanência até 2 anos.

Conta com a equipa técnica multidisciplinar e especializada do Gabinete de Apoio à Vítima para Juventude LGBTI da Casa Qui e de parceiros estratégicos de forma a atuar em situações de emergência/crise e em situações que possibilitam construir com a pessoa jovem um projeto de autonomia de vida.

Este é um projeto apoiado pela Vereação da Habitação e Desenvolvimento Local e da Vereação dos Direitos Sociais da Câmara Municipal de Lisboa. Conta também com as seguintes parcerias ou apoios:

ana ana - Design, Estratégia e Comunicação de Marca

Associação Hotéis de Portugal - Programa HOSPES

Banco de Bens Doados GEBALIS

BUS - Banco de Utilidade Social

Casa do Cais – Produtora Promenade

Dar e Receber

Entrajuda - Apoio a Instituições de Solidariedade Social

Junta de Freguesia do Lumiar

Kuboo Self Storage

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Purple Door - Albert Kennedy Trust

Refood

Santa Casa da Misericórdia de Lisboa


“Madrinhos e Padrinhas”

O projeto "Madrinhos e Padrinhas" tem como objetivo abrir a possibilidade de obter apoios monetários pontuais para despesas relacionadas com as pessoas integradas no apartamento. Funciona através da angariação de pessoas da sociedade civil que tenham interesse de, pontualmente, apoiar financeiramente a ReAJo. Para mais informações contacte-nos, por favor, por Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..


Apoio